84 migrantes desaparecidos ao largo da Líbia. Teme-se que se afogaram

Organização Internacional para as Migrações alerta que insuflável terá naufragado. Navio mercante resgatou 26 pessoas do Mediterrâneo

Mais uma tragédia terá acontecido este sábado no Mediterrâneo, com o desaparecimento de 84 pessoas que tentavam chegar à Europa num barco insuflável.

A Organização Internacional para as Migrações anunciou que um navio mercante que navegava ao largo da Líbia divergiu a sua rota para resgatar migrantes que se encontravam na água, tendo recuperado 26 pessoas - que foram levadas para Itália, para a ilha de Lampeduza

Segundo um porta-voz da guarda costeira italiana, citado pela BBC, os barcos insufláveis utilizados por estes migrantes transportam entre 100 e 120 pessoas e normalmente vão cheios, pelo que é realista acreditar que pelo menos 84 pessoas morreram afogadas no naufrágio.

Havia mau tempo na zona em que foram encontrados os sobreviventes, com ondas a chegarem aos dois metros de altura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG