28 mortos num confronto em prisão de Acapulco

28 presos perderam a vida numa prisão de Acapulco em resultado de confronto entre grupos rivais, verificando-se ainda três feridos.

Os confrontos iniciaram-se às quatro da manhã (hora local) numa ala de alta segurança, resultado "do choque permanente de grupos antagónicos no interior" do Centro de Readaptação Social de Acapulco, cidade do estado de Guerrero, um dos mais violentos do México.

As forças de segurança encontraram corpos sem vida em diferentes locais da prisão, que foi entretanto evacuada. As vítimas apresentavam sinais de terem sido golpeadas com objetivos contundentes e armas brancas ou outras cortantes, que foram improvisadas.

O governador do estado destacou que serão investigadas as condições em que decorreu o incidente, um dos mais violentos no ano em curso, e que as próprias autoridades e funcionários prisionais serão objeto dessa investigação.

O México é palco de uma violenta guerra entre diferentes cartéis da droga, que provoca milhares de mortos todos os anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG