Mundo

Índia

Candidata do partido do governo elogia assassino de Gandhi: "Era um patriota"

Numa campanha eleitoral centrada na segurança nacional, na luta contra o terrorismo e no conflito entre hindus e as minorias religiosas, uma candidata do partido do primeiro-ministro Narendra Modi afirmou que o homem que matou Mahatma Gandhi em 1948 era "um patriota". Modi admoestou-a e pediu desculpa mas a oposição acusa-o de hipocrisia.