TV, cinema, livros, bonecos e festas nos 50 anos de "Star Trek"

Celebração do meio século da série de ficção científica arranca mundo fora em várias vertentes

"Espaço, a fronteira final. Estas são as viagens da nave espacial Enterprise e da sua missão de cinco anos para explorar novas formas de vida, novas civilizações e para ir, com coragem, onde nunca ninguém foi." Como esquecer estas palavras?

Meio século que nasceu no pequeno ecrã mas que se celebra em todas as frentes. Literalmente. Da literatura à música, da TV ao cinema, do merchandising aos espetáculos e até a festas, será em todas as áreas que uma das séries mais icónicas de sempre, Star Trek, vai comemorar os 50 anos da sua estreia televisiva. E atenção: apesar de o aniversário se assinalar apenas em setembro, a partir de agora e até ao final do ano estão já planeadas as mais variadas iniciativas, que prometem tornar 2016 um ano verdadeiramente "galáctico".

E se as mais antecipadas de todas são os futuros filme e série, a mais recente homenagem aos 50 anos da série de ficção científica estreada na NBC pela mão do criador Gene Roddenberry acaba de chegar em forma de livro. Set Phasers to Stun: 50 Years of Star Trek é a obra do crítico de televisão Marcus Berkmann que será lançada a 24 deste mês e que explora o legado e a influência cultural do fenómeno em torno da série que deu a conhecer as aventuras do capitão Kirk (William Shatner no elenco original), de Spock (Leonard Nimoy) e companhia a bordo da Enterprise.

Para julho está já agendada a estreia do 13.º filme da saga cinematográfica. Com realização de Justin Lin (que substitui J.J. Abrams, o homem que reiniciou o franchise no cinema em 2009), Star Trek: Beyond traz de volta Chris Pine, Zachary Quinto, Zoe Saldana, John Cho, Simon Pegg, entre outros, ao elenco.

Um outro filme independente, em forma de prequela, estava a ser escrito e financiado por fãs, mas está por agora em stand by, depois de a Paramount Pictures e da CBS, que detêm os direitos de autor dos franchises televisivos e cinematográficos, terem bloqueado a produção e ameaçado com uma disputa judicial.

Na TV, uma nova série chega ao serviço de streaming da CBS em janeiro de 2017, com produção de Alex Kurtzman (coargumentista e produtor na saga cinematográfica). A trama irá contar com "novas personagens, novos mundos e novas civilizações", explorando "temas contemporâneos", frisou a CBS, que adicionou à sua plataforma de streaming as três temporadas originais emitidas de 1966 a 1969.

Na música, arrancou recentemente o espetáculo Star Trek: The Ultimate Voyage, um concerto que vai visitar, ao longo do ano, mais de cem cidades espalhadas pelo mundo, e no qual a música original do franchise é interpretada por uma orquestra sinfónica.

Uma nova linha de merchandising, onde se inclui uma modernizada gama de bonecos e um drone que se assemelha visualmente à Enterprise, será também lançada ainda neste ano.

Outras iniciativas que vão marcar o meio século de Star Trek incluem uma convenção de quatro dias em Miami, já em julho, com a presença de atores que marcaram a saga, como William Shatner, Karl Urban, Walter Koenig e Michael Dorn. Uma festa igual, com a presença já garantida do original James T. Kirk, vai decorrer em Nova Iorque. A última convenção de Star Trek na Big Apple, em 1972, reuniu mais de três mil admiradores.

Leia mais na edição impressa ou e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG