SIC apresenta "Rainha das Flores" na Pérola do Atlântico

A nova novela da SIC foi apresentada à imprensa na ilha da Madeira, um dos locais onde decorrem as gravações, e contou com a presença de quase todo o elenco

O elenco da próxima novela da SIC reuniu-se este sábado à tarde no Design Centre Nini Andrade Silva, na ilha da Madeira, local onde decorreram ao longo de toda a semana gravações de algumas das cenas que podem ser vistas a partir do dia nove de maio. Responsáveis da estação de Carnaxide, da produtora SP Televisão e o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, não faltam ao evento.

"Temos a forte expectativa de que esta ficção nos vai trazer grandes alegrias. É uma história apaixonante. Trata de temas que vão desde o bullying à eutanásia, até à religião", frisou a diretora de Conteúdos e Produção da SIC, Gabriela Sobral. "Nesta produção estão atores novos que representam a nossa busca incessante por novos talentos. Ao contrário do que muita gente diz por aí, nós temos novos talentos, temos um laboratório para os desenvolver e somos nós que os encontramos", acrescentou a responsável.

Quando confrontada se era uma resposta ao que José Eduardo Moniz tinha dito no início da semana no programa A Tarde é Sua, da TVI, sobre a SIC ir buscar atores à concorrência e não se preocupar em formá-los, Gabriela preferiu não especificar e apenas afirmou ser uma resposta a todas as pessoas que falam.

A história central de Rainha das Flores gira em torno de Rosa, personagem interpretada por Sandra Barata Belo. Uma mulher de fé que durante uma peregrinação a Fátima sofre um grave acidente e perde a memória. Narcisa (Isabel Abreu), irmã da protagonista, irá aproveitar-se do estado de Rosa para conseguir a vida que sempre desejou. "A problemática da perda de memória é muito interessante, nem os próprios cientistas sabem o que é isto das amnésias e dos comas, mais ainda uma perda de memória que se refere a um período de tempo. É uma personagem muito complexa", destacou a protagonista Sandra Barata Belo que já teve a oportunidade de gravar em quase todos os locais por onde a ação da novela irá passar: Madeira, Amesterdão, Tomar e Fátima.

Com um elenco composto por algumas promessas da representação como Bárbara Lourenço, Luís Garcia e José Condess, também não faltam os mais veteranos, como Marina Mota e Ricardo Carriço e outros atores que transitam diretamente de produções da TVI para esta nova produção da SIC: Marco Delgado, Leonor Seixas e Pêpê Rapazote. "A proposta criativa que me foi feita pela Gabriela foi muito interessante, não consegui dizer que não", afirmou Marco Delgado à nossa publicação. Com estreia marcada para o dia nove de maio, Rainha das Flores substituirá Poderosas na segunda linha de ficção da SIC.

Exclusivos