Série preferida dos portugueses regressa a 13 de fevereiro

O grupo Fox anunciou os dias em que algumas das suas histórias mais emblemáticas regressam à antena e revelou quais os novos títulos que ajudam a compor as grelhas

A segunda metade da sétima temporada de The Walking Dead estreia-se a 13 de fevereiro, na FOX. A série de Robert Kirkman continua a ser uma das joias do canal, ou não fosse a ficção mais vista em Portugal em 2016, de acordo com dados da GfK, a empresa responsável pela medição de audiências no nosso país.

Além do regresso dos mortos-vivos, os canais do grupo reservaram para a primeira metade do ano algumas das maiores apostas para 2017, apresentadas ontem à imprensa por Luís Fernambuco, diretor de conteúdos e programação para Portugal do FOX Networks Group (FNG).

"Nos Estados Unidos, The Walking Dead é emitida no AMC [canal de cabo] e foi, nas temporadas anteriores, mais vista do que qualquer uma das séries transmitidas em sinal aberto. É um fenómeno único", assinalou o responsável. Por isso, por cá, cada episódio continuará a ir para o ar por volta das 02.30, cerca de duas horas depois da estreia em território norte-americano, com repetição no dia seguinte às 22.15. "Os fãs desta série são os que menos querem esperar para ver os próximos capítulos", justificou Fernambuco.

O dia em que a história de mortos-vivos regressa ao ecrã é o mesmo em que se estreia Legion (a primeira produção em conjunto do FNG com a Marvel), também na FOX, e Agatha Christie: Parceiros no Crime, que se apresenta na FOX Crime como um clássico policial com um twist contemporâneo.

Além disso, esperam-se "produtos que recuperam marcas já muito conhecidas do passado". "É o caso de Prison Break [em abril na FOX], que no nosso país teve grande impacto quando se começaram a emitir as primeiras temporadas, em 2005, mas também de 24: Legacy [a 6 de fevereiro, também na FOX]. Já Legion é uma aposta muito ousada do nosso universo", referiu o diretor de conteúdos. "Dentro da família FOX, é a primeira vez que vamos fazer uma parceria com a Marvel e estamos um pouco ansiosos para ver como funciona", explicou.

Outra das grandes apostas é This Is Us, que pode ser vista a partir de 23 de fevereiro na FOX Life. O enredo segue um grupo de personagens cujos caminhos e histórias de vidas se interligam de maneiras curiosas. Elas partilham a mesma data de aniversário e outros detalhes de que ninguém estará à espera. This Is Us é composta por 18 episódios e esteve nomeada para a mais recente edição dos Globos de Ouro nas categorias de melhor série dramática e melhor atriz secundária em série, minissérie ou telefilme (com dois nomes na lista). "É cada vez mais difícil uma série de um canal aberto [NBC] concorrer nesta categoria principal, e esta esteve lá. Além disso, conseguiu outro feito nos EUA: ser unânime nas audiências e na crítica, as duas positivas", esclareceu Luís Fernambuco.

Ossos (FOX Life) e Os Mistérios de Miss Fisher (FOX Crime), na próxima segunda-feira, Segurança Nacional (FOX) no dia 18, The Mick e Speechless (ambas na FOX Comedy) a 29 e Rosewood (FOX Life) a 31 deste mês são títulos com lugar reservado nas respetivas grelhas.

Anatomia de Grey e Scandal, que deveriam regressar à FOX Life na dia 25, só marcam presença a 1 de fevereiro: a tomada de posse de Donald Trump (a 20) levou os canais a adiar esses episódios para poderem emitir programação especial.

As novidades seguem em março com Midsomer Murders (FOX Crime) e em abril com APB (FOX), Dount (FOX Life), Star (FOX Life) e Son of Zorn (FOX Comedy). Com datas por anunciar mas com emissão garantida até junho estão American Crime Story e O Exorcista, na FOX, e Grantchester, na FOX Crime.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG