RTP com princípio de acordo com SIC e TVI para sublicenciamento do Mundial 2022

Estação pública adianta que este princípio de acordo será "agora submetido à aprovação da FIFA, a quem cabe a última palavra nesta matéria".

A RTP anunciou esta quinta-feira que chegou "a um princípio de acordo com a SIC e com a TVI" para o sublicenciamento de alguns jogos do Mundial de Futebol 2022, no Qatar, e agora aguarda aprovação da FIFA.

Em comunicado, a estação pública adianta que este princípio de acordo será "agora submetido à aprovação da FIFA, a quem cabe a última palavra nesta matéria".

Este princípio de acordo "com os operadores comerciais segue-se a outro, já oficializado pela FIFA, pelo qual a RTP cedeu à Sport TV os direitos de transmissão exclusiva no cabo, de 28 jogos do Campeonato do Mundo de Futebol da FIFA 2022", salienta a empresa liderada por Nicolau Santos.

"A RTP será o operador português em sinal aberto com a transmissão do maior número de jogos do Mundial de Futebol 2022, numa extensa cobertura que tem em conta o interesse público do evento", conclui.

Em entrevista à Lusa no início de julho, o presidente da RTP adiantou que tinha sido pedido às direções um corte de 5% do seu orçamento, tendo em conta o aumento dos custos.

Nicolau Santos, que assumiu o cargo há pouco mais de um ano, tinha dito que provavelmente a RTP iria ter prejuízos este ano, tendo em conta o aumento de custos, nomeadamente da energia, a cobertura da guerra na Ucrânia, a que se soma o encargo de 12 milhões de euros do Mundial de Futebol no Qatar, contratado em 2011, mas que só agora vai ser contabilizado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG