Nick Cannon abandona "America's Got Talent" depois de piada racial

O apresentador Nick Cannon afirmou que não quer regressar ao programa, depois de acusar a estação NBC de o ter "tentado colocar no lugar" na sequência de uma piada racial que fez num monólogo. "Não vou ser silenciado", reiterou

Nick Cannon revelou esta segunda-feira, através da sua conta no Facebook, que pretende abandonar o America's Got Talent, o conhecido talent show que conta com Simon Cowell, Mel B, Howie Mandel e Heidi Klum no painel de jurados. Em causa está uma piada que o apresentador e comediante fez em Stand Up, Don't Shoot, monólogo de stand-up comedy transmitido no canal por cabo Showtime.

"Estava prestes a ser castigado por causa de uma piada. Isso teve um peso muito grande na minha alma. A minha equipa alertou-me para o facto de a NBC [que emite America's Got Talent] achar que eu estava a quebrar o meu contrato porque tinha desrespeitado a sua marca", começou por escrever. "vejo que estou numa posição muito delicada ao ter de tomar uma decisão que não queria, mas, como homem, artista e voz da minha comunidade, não vou ser silenciado, controlado ou tratado como um objeto. Não há dinheiro que valha a minha dignidade ou integridade".

Na origem das pressões da NBC está o seguinte excerto do seu monólogo: "Acredito mesmo que quando comecei a apresentar o America's Got Talent me tenham tirado a minha validade como negro. A sério! Porque depois as pessoas que começaram a aparecer nos meus espetáculos foram estas", disse Nick Cannon antes de apontar para três caucasianos já com alguma idade.

"A minha alma não me permite trabalhar com empresas que tentam limitar o discurso, censurar artistas e questionar escolhas culturais", continuou, na longa publicação. "Não quero ser muito específico, mas esta não é a primeira vez que os dirigentes [da estação] tentam "meter-me no meu lugar" por alegadas ações desobedientes."

O apresentador confirmou o afastamento do programa com um "desejo o melhor para o America's Got Talent e para a NBC nesta próxima temporada, mas não me consigo ver de regresso ao programa."

As gravações da 12.º temporada do talent show, aquela que seria a oitava apresentada por Nick Cannon, começam esta semana, com estreia prevista para o verão. "O que é difícil é afastar-me dos fãs e das pessoas que gostam de mim no programa. Isto dói imenso", confessou ainda o norte-americano de 36 anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG