Mariah Carey: "American Idol" foi uma experiência violenta

A cantora revelou numa conferência de imprensa que o "American Idol" foi das experiências "mais violentas" que já tinha passado

Mariah Carey ainda não cicatrizou da troca de insultos com Nicki Minaj no programa American Idol. A cantora revelou, numa conferência de imprensa de promoção ao seu novo reality show, que a ferida está bastante aberta, referindo-se àquele programa de caça talentos como uma das experiências mais violentas que já teve.

Mimi, como também é chamada a cantora, revelou ainda na conferência de imprensa que começou a beber mais álcool depois de ter passado pela cadeira de jurada do American Idol.

O novo reality show que Mariah Carey foi promover chama-se Mariah's World e vai ter oito episódios. Nele, a cantora vai mostrar, entre outras coisas, o desenvolvimento do seu relacionamento com James Packer, um empresário e investidor multimilionário da Austrália, as preparações para a sua tour pela Europa - que começará dentro em breve - e ainda os bastidores do seu espetáculo em Las Vegas, Mariah #1 to Infinity.

No trailer, que foi lançado esta semana, podem ver-se cenas como a cantora deitada num sofá e com um vestido provocador a perguntar se "é normal as pessoas vestirem-se assim?". "Não sei... Mas estou em casa e é isto que visto", completa nessa filmagem, onde também se faz passar por uma das suas assistentes pessoais.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG