Luís Marinho deixa a RTP em agosto

O antigo administrador da estação pública confirmou ao DN a sua saída da empresa a 31 de agosto

Luís Marinho, atual responsável pelo gabinete de projetos especiais da RTP, rescindiu o seu contrato com a estação pública após 15 anos ao serviço da mesma. "Confirmo que saio da RTP a 31 de agosto. Até lá continuarei na empresa", adiantou o ex-administrador à nossa publicação.

No entanto, Luís Marinho não confirma as informações levantadas por um jornal diário de que foi o próprio que pediu a rescisão de contrato à administração da RTP, presidida por Gonçalo Reis, nem que o valor de indemnização que irá receber esteja perto dos 100 mil euros. Quando questionado, Luís Marinho refere apenas: "De toda a notícia só confirmo a minha saída da RTP".

Veio da SIC em 2001, juntamente com Emídio Rangel, para a estação pública, onde assumiu o cargo de subdiretor de informação. Mas ao longo do seu percurso na RTP foi passando por diferentes cargos de gestão. Foi diretor de informação e programas da RDP, diretor de informação da RTP, administrador, diretor-geral de conteúdos, diretor de estratégia de grelha e, por fim, assumiu a pasta do gabinete de projetos especiais, posição na qual permanece até ao final da sua colaboração com a empresa pública.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG