Jimmy Kimmel considera retirar-se no final de 2019

O apresentador de "Jimmy Kimmel Live!", da ABC, abordou o facto de ter pouco tempo para explorar outras áreas, tanto profissionais como pessoas

Jimmy Kimmel confessou que depois do final do contrato que tem com a estação ABC poderá retirar-se da televisão. O apresentador, que lidera o formato com nome próprio há 14 anos, sublinhou que a única certeza que tem é que o programa vai estar no ar por mais três anos, terminando no final de 2019.

"É possível que isso seja o fim", começou por explicar em entrevista à Variety. "A minha mulher está grávida. A certa altura, gostaria de ter mais tempo livre. Tenho muito pouco tempo disponível com o que faço agora", revelou. Além de apresentador, Kimmel é também produtor do formato.

"Acho que este trabalho é desgastante e, no melhor dos cenários, trata-se de uma maratona. Quero sair quando achar adequado", reiterou o apresentador norte-americano, sendo que essa mudança só poderá acontecer, no mínimo, depois de 2019. "Se sentir que nos estamos a repetir, então acho que esse é um bom indicador de que está na altura de abandonar o programa. Vou sentir saudades quando me for embora", confidenciou.

Ainda assim, Jimmy Kimmel deixou no ar a hipótese de poder descobrir-se noutras áreas. "A televisão está a mudar rapidamente. Tenho recebido muitas propostas para fazer outras coisas", assegurou. "Gosto de desenhar e de fazer escultura. Gostaria de escrever um livro. Ter de fazer o programa não me deixa grande espaço para estas coisas", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG