"Império" vence Emmy de Melhor Novela

A brasileira derrotou Mulheres, Jikulumessu e Ciega a Citas. Veja a lista dos premiados

Império, de Aguinaldo Silva, levou esta segunda-feira o galardão de Melhor Novela para casa. A ficção brasileira da Globo, que por cá foi exibida na SIC, venceu o Emmy da categoria na gala que se realizou em Nova Iorque, e na derrotou a portuguesa Mulheres (TVI), da Plural, a angolana Jikulumessu (exibida pela RTP1), da Semba, e a espanhola Ciega a Citas.

Para além da presença de Lourenço Ortigão, que apresentou um prémio em conjunto com a atriz brasileira Leandra Leal, uma comitiva de atores da novela Mulheres também esteve nos Estados Unidos para assistir à cerimónia. "Regressamos com o orgulho de ter feito parte de um projeto que foi reconhecido e tão importante para tantas mulheres. A nossa nomeação já foi uma vitória e ter tido o privilégio de fazer parte desta história foi o maior presente de todos", reagiu Jessica Athayde, um das intérpretes da novela portuguesa, na sua página de Facebook.

Já Lourenço Ortigão aproveitou para felicitar o elenco de Mulheres. "Que honra! Não levamos a prémio para Portugal, mas mais uma vez estivemos entre os melhores. Parabéns Mulheres", escreveu o ator no Facebook.

Além de Império, a 43ª edição dos Emmy Internacionais premiou ainda Doce de Mãe, também da Globo, como Melhor Comédia. A atriz brasileira Fernanda Montenegro, que estava nomeada para Melhor Atriz, perdeu a distinção para a norueguesa Anneke von der Lippe, pelo seu desempenho em Øyevitne.

Veja a lista de todos os vencedores:

Melhor Série Dramática: Engrenages (França), Son et Lumiere / Canal+ Creation originale

Melhor Programa de Arte: Illustre & Inconnu: Comment Jacques Jaujard a Sauvé le Louvre (França), Ladybird Films

Melhor Ator: Maarten Heijmans, por Ramses (Holanda), De Familie Film & TV

Melhor Programa de Horário Nobre em Língua Estrangeira: Arrepentidos U.S. - El infierno de Montoya (Estados Unidos), National Geographic Channel/Fox Telecolombia

Melhor Atriz: Anneke von der Lippe, por Øyevitne (Noruega), NRK / SVT / DR / YLE Fem / Nordvision Fund.

Melhor Documentário: Miners Shot Down (África do Sul), Uhuru Productions

Programa sem Argumento Pré-Definido: 50 Ways to Kiill your Mammy (Reino Unido), Burning Bright Productions/Brown Bread Productions

Melhor Novela: Império (Brasil), TV Globo

Melhor Comédia: Doce de Mãe (Brasil), TV Globo

Melhor Filme para TV/Minissérie: Soldat Blanc (França), Breakout Films/Canal+ Creation originale

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG