Facebook pede desculpa por ter removido vídeo contra o cancro

O vídeo de animação mostrava uma mulher e formas de fazer um exame e detetar nódulos suspeitos na mama

A rede social Facebook pediu esta quinta-feira desculpa por ter removido um vídeo sueco que alertava contra o cancro da mama.

O vídeo de animação mostrava formas de fazer um autoexame e detetar nódulos suspeitos na mama. Foi publicado pela Cancerfonden, a Sociedade Sueca contra o Cancro, e retirado por ter sido considerado "ofensivo".

"Achamos incompreensível e estranho que alguém considere informação médica ofensiva", disse Lena Biornstad, responsável de comunicação da Cancerfonden, citada pela AFP.

Uma porta-voz da rede social, num comunicado enviado à BBC, vem agora dizer que o vídeo foi retirado por erro e que já foi aprovado. "A nossa equipa analisa milhões de anúncios todas as semanas e em alguns casos proibimos anúncios de forma incorreta. Esta imagem não viola as nossas regras."

O erro é notícia porque o Facebook tem um historial de proibir imagens que mostrem mamilos, independentemente do contexto, como de mães a amamentar ou de tatuagens de mamilos para mulheres que sobreviveram ao cancro da mama.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG