Estas são consideradas as piores séries de 2016

Os dramas "Notorious", "Conviction" e "Vinyl" também figuram nas diferentes listas das piores séries do ano. A fraca qualidade de guiões, narrativas e elencos são as principais razões para as nomeações

The Waking Dead e as debutantes Conviction, Notoriou e Vinyl figuram nas listas das piores séries de 2016, publicadas entre os vários órgãos especializados em televisão, nos Estados Unidos. As novas versões de Top Gear, que remodelou o elenco, e Ficheiros Secretos, depois de um interregno de 14 anos, também não convenceram os críticos.

A popular série The Walking Dead figura no topo do ranking da Variety. A publicação norte-americana destaca a confusa narrativa, que torna a série difícil de acompanhar, tal como os efeitos sonoros mal concebidos. Já Vinyl, produção milionária que contou com elenco de luxo e realização do primeiro episódio por Martin Scorsese, foi cancelada pela HBO depois de fracas audiências. A Entertainment Weekly sublinha o recurso excessivo ao consumo de drogas e a clichês de época, tal como a falta de sucesso nas recriações musicais.

A Variety destaca o episódio Babylon, da versão de 2016 de Ficheiros Secretos, como "um dos piores capítulos transmitidos na televisão em 2016". A publicação sublinha que, apesar dos bons primeiros episódios, a série acabou por descer de qualidade à medida que o guião e a narrativa apresentavam fragilidades.

A secção de televisão da Yahoo, tal como a Variety destaca os dramas de advogados Conviction e Notorious como outros fracassos do ano, apontando para a falta de talento do elenco. A renovada Top Gear também é alvo de críticas, com a mesma publicação a apontar para a performance de Chris Evans e Matt LeBlanc. A incapacidade da dupla em recriar a harmonia espelhada pelos antigos apresentadores Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond é um dos problemas evidenciados.

Séries como Fuller House, The Family e Mentes Criminosas também se encontram na lista das piores do ano. Contudo, o grande destaque vai para a série documental Who Killed JonBenet? ("Quem matou JonBenet?"), que segundo os críticos acabou por ser uma produção sensacionalista e com encenações descabidas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG