Elenco de "A Teoria do Big Bang" quer mais temporadas

Série deve terminar na 10.º temporada, mas atores garantem que vontade de continuar é consensual

Os últimos rumores a circular pela imprensa norte-americana indicam que a próxima temporada de A Teoria do Big Bang - a décima - será a última. No entanto, no que depender da vontade e da disponibilidade do elenco, a "sitcom" tem potencial para ir mais além.

"É um facto que queremos estar aqui", assegura a protagonista Kaley Cuoco, que dá vida a Penny, em declarações ao site "TV Line". "É o consenso geral. Pode ser um caminho difícil, mas se eu tiver uma palavra a dizer, estaremos por aqui por muito mais tempo. É esse o objetivo", frisou.

O seu colega na série de comédia, Jim Parsons, que interpreta Sheldon, expressou a mesma vontade. "Se surgir a oportunidade de ir para além da décima temporada, terei muita dificuldade em dizer-vos quem [do elenco] irá dizer que não. Se é que alguém dirá. Eu não direi". E explicou: "Os argumentistas continuam bastante dedicados. As histórias continuam a ser muito divertidas de interpretar. Estou a tentar imaginar quando é que um ator que está numa boa situação diria 'Vou-me embora!". Não acho que isso aconteça entre a décima e a 11ª temporada".

Até o produtor executivo, Steve Molaro, admite a possibilidade de renovação do contrato, apesar de ainda nada ter sido confirmado. "Vou continuar a insistir e, à medida que vamos aprendendo, ajustaremos o que for necessário".

A avaliar pelas audiências, A Teoria do Big Bang tem todas as condições para continuar: só nos Estados Unidos, a atual nona temporada, transmitida pelo canal CBS, alcança uma média de 15,7 milhões de espectadores por semana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG