Conheça os títulos do DN desta segunda-feira

Veja ao pormenor a primeira página do DN que encontra nas bancas de manhã.

Entrevista à presidente da Cáritas Portuguesa faz manchete do DN esta segunda-feira. "60% dos pedidos de ajuda são para rendas de casa", diz Rita Valadas, líder da instituição desde novembro.

Em plena crise pandémica, é urgente chegar às pessoas mais frágeis e que se escondem atrás da vergonha e tentar evitar o aumento da pobreza. O crescente desemprego é outra das grandes preocupações.

O caso Ihor é outro dos grandes temas desta capa. "Malandrice policial" e "artimanha" podem originar acusações a seguranças e inspetores, titula o DN.

Procurador e advogado explicam como as testemunhas poderão passar a arguidos. Isto porque seguranças que manietaram Ihor e não lhe prestaram assistência ou polícias que nada fizeram podem ser acusados de crimes de homicídio por omissão, sequestro, tortura e omissão de auxílio.

Para ler ainda nesta edição a opinião dos respnsáveis europeus Margrethe Vestager e Josep Borrell: A importância da década digital da Europa

Outros títulos:

- Autárquicas. Adiar dois meses ou desdobrar em dois fins de semana. Ideias para enfrentar a pandemia caem.

- Carlos Zorrinho sobre Cabo Delgado. "Não se conseguiu criar uma coligação de forças para o bem".

- Faturas que aumentaram na pandemia? Só as de veterinários, lares e reparação de motos.

- Investir em vinho. Alternativa à bolsa

- A estrela Essugo. Sétimo benjamim lançado por Amorim que ainda nem jogou pelos juniores

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG