CNN transmitiu pornografia no Thanksgiving? Muitos acreditaram que sim

Um habitante de Boston "denunciou" caso no Twitter. Tudo indica que era falso, mas foi noticiado como verdadeiro

Na noite da passada quinta-feira, dia de Ação de Graças nos EUA, um habitante de Boston declarou no Twitter que a CNN em vez de transmitir um novo episódio do programa Anthony Bourdain's Parts Unknown, transmitiu 30 minutos de pornografia.

A "denúncia" foi acompanhada de uma imagem ("pixelada") do que supostamente estava a ser transmitido.

"Mais alguém com a RCN - operador de cabo em Boston - viu a pornografia que foi transmitida pela CNN por engano?" foi uma das publicações que o utilizador terá publicado, entre outras.

Vários jornais online, como o The Independent, o Mashable, o The New York Post, o Daily Mail, a Esquire, a Variety e até o espanhol ABC chegaram a fazer noticia deste caso, baseando-se nas publicações do Twitter deste utilizador.

O problema é que, ao que tudo indica, nada daquilo aconteceu. Não existem mais nenhuns testemunhos credíveis da referida transmissão e, como adiantou já esta tarde de sexta-feira o site especializado em tecnologia The Verge, a conta do Twitter que deu origem a tudo foi posta em modo privado.

A RCN chegou a responder ao utilizador por esta rede social, dizendo que não tinha recebido qualquer relato do problema mencionado na CNN de Boston. A pede-lhe até que "se ainda está a ter um problema com esse canal, por favor envie-nos o seu endereço para que possamos solucionar"

A CNN também enviou esta sexta-feira um comunicado às redações a dizer que espera esclarecimentos da operadora de cabo RCN. "A operadora de cabo em Boston, RCN transmitiu conteúdo inapropriado por 30 minutos na CNN a noite passada. Pedimos à RCN um esclarecimento", disse no comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG