Britain's Got Talent: Pai processa o próprio filho

A banda Bars & Melody está a ser acusada pelo pai de um dos cantores de apropriação de direitos de autor. Antonio Devries diz ser o autor do maior êxito da banda

Leondre Devries e Charlie Lenehan, de 15 e 17 anos, respetivamente, juntaram-se como duo musical em janeiro de 2014 e atingiram o estrelato quando foram ao programa de talentos Britain's Got Talent. O tema interpretado em palco perante os jurados, Hopeful, foi um sucesso imediato. Mas passados dois anos o pai de Leondre diz que a música não foi escrita pelo filho mas sim por ele e que a estão a cantar sem autorização, avança o tabloide britânico Mirror.

Antonio Devries, que é promotor musical, diz não ter problemas com banda, mas sim com o agente da banda. "Eu escrevi Hopeful, que é a história das dificuldades que enfrentei na minha vida, e isso deu reconhecimento internacional ao grupo. Já tomei medidas legais; o agente da banda respondeu dizendo que foram eles que escreveram a letra mas fui eu."

Com mais de 46 milhões de visualizações no YouTube, Hopeful valeu a Bars & Melody a quarta posição no top dos álbuns do ano passado.

O mediatismo e a alegada mudança de imagem foram também criticados pelo pai de Leondre: "Quando atingiram o sucesso fui colocado de parte mas fui eu que comecei Bars & Melody. Era eu que ia com eles todas as semanas a Londres para ver se conseguia apresentar as suas músicas. Parece-me que os miúdos estão a ser explorados e em excesso de trabalho. Eles eram acérrimos defensores de anti-bullying mas a sua atual imagem está longe disso; acho que estão a ser moldados para algo diferente."

O porta-voz do grupo explicou que o duo está satisfeito com o empresário: "Bars & Melody estão muito contentes com o seu representante e não se sentem explorados. Eles estão tristes por saber que estão a ser ameaçados com um processo e esperam que tudo se resolva rapidamente e amigavelmente."

Desde 2014, a banda lançou quatro singles, um álbum e fez uma digressão pelo Reino Unido, tendo também marcado presença no programa da célebre Ellen DeGeneres, nos Estados Unidos, onde Leondre explicou que na infância tinha sido alvo de bullying e que isso o marcou profundamente, acabando por escrever Hopeful.

Exclusivos