Universidade de Toronto aposta em prémios para incentivar alunos do Programa de Português

A Universidade de Toronto está a incentivar os alunos do Programa de Português através da atribuição de cinco prémios, disse hoje à agência Lusa uma fonte da instituição canadiana de ensino.

"Os prémios destinam-se aos alunos do Programa de Português da Universidade de Toronto, mais especificamente, a alunos inscritos em diferentes disciplinas e anos do seu percurso académico", afirmou Luciana Graça, Leitora de Português do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua na Universidade de Toronto.

O Prémio 'Sabores da Cozinha Portuguesa: À Descoberta de Restaurantes Portugueses em Toronto', com o patrocínio de 12 restaurantes portugueses, pretende reconhecer a excelência académica na disciplina de Iniciação ao Português (PRT100). Serão distinguidos dois vencedores, visto a existência de duas turmas de Iniciação ao Português, que poderão degustar um jantar em cada um dos restaurantes.

O Prémio 'Sabores da Cozinha Portuguesa: Uma Visita a Portugal através de Associações Culturais Portuguesas em Toronto', patrocinado por sete associações culturais portuguesas, também visa reconhecer a excelência académica, mas no nível de Português Intermédio (PRT220). E o aluno agraciado poderá degustar uma refeição em cada uma das associações.

O Prémio 'John F. Santos', com o apoio do líder comunitário homónimo, é destinado ao melhor aluno da disciplina de Português Académico (PRT219).

Já o Prémio 'Aprende Português', com o patrocínio da Coordenação do Ensino do Português no Canadá e do Camões, consiste num curso intermédio de português no Centro de Língua Portuguesa Camões Toronto e será atribuído ao estudante com melhor desempenho ao nível académico na disciplina de português para hispanos (PRT120).

Estes prémios foram criados durante o decurso do atual ano letivo (2016/2017), enquanto o Prémio 'Pedro da Silva', que já existe desde 2012, com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos, será atribuído ao melhor aluno finalista inscrito em 'Specialist' ou em 'Major'.

Luciana Graça explicou que cada um dos prémios "visa distinguir o aluno com melhor desempenho académico, inscrito em determinada disciplina".

O Programa de Português vai ainda receber um novo apoio através da organização "Academia do Bacalhau de Toronto', a anunciar no próximo ano letivo.

"Por um lado, queremos dar a conhecer de uma forma mais profunda a nossa comunidade, dando, assim, rostos concretos à língua e à cultura que os nossos alunos estudam na sala de aula", acrescentou a Leitora.

A professora Luciana Graça sublinhou, ainda, que este objetivo está em consonância com as próprias metas da Faculdade de Arte e Ciências e do Departamento de Espanhol e Português, em que o Programa de Português está inserido.

Por outro lado, os responsáveis de ensino pretendem proporcionar aos alunos de todos os níveis "oportunidades ímpares para um envolvimento significativo com a própria língua e cultura", tendo em conta que "a melhor sala de aula é sempre o contexto real", numa situação de "imersão linguística".

Estão inscritos no Programa de Português da Universidade de Toronto 180 alunos, um número que, ao longo dos anos, tem sido bastante uniforme, traduzindo o "elevado interesse que a língua e a cultura lusófonas continuam a gerar".

"A maioria dos alunos de português não é já, atualmente, lusodescendente ou lusófona. Temos, além de alunos canadianos, alunos da Ucrânia, Rússia, Itália, Equador, Cuba, Colômbia, China, Vietname, Japão e Coreia do Sul, entre muitas outras origens", frisou Luciana Graça.

De acordo com os resultados de um questionário elaborado recentemente pelo Programa de Português, o fator de maior relevância que leva os alunos a inscreverem-se no programa "é o profissional", mas o "gosto pela aprendizagem de línguas estrangeiras e a pertinência pessoal" são outros dos motivos apresentados pelos alunos.

Oficialmente, há 429 mil portugueses e lusodescendentes no Canadá, mas calcula-se que existam cerca de 550 mil, estando a grande maioria localizada na província do Ontário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG