Um cidadão português e três estrangeiros detidos pela PJ para serem extraditados

Um cidadão português e três outros estrangeiros foram detidos nas duas últimas semanas pela Polícia Judiciária no âmbito de mandados de detenção europeus (MDE) para extradição para Espanha, Roménia e Suíça, indicou hoje esta polícia.

Os MDE foram cumpridos pela Unidade de Informação de Investigação Criminal da PJ nos dias 04 e 09 de janeiro em operações que decorreram na zona de Lisboa, Alentejo e Algarve.

Segundo adianta a PJ, o cidadão português foi extraditado para Espanha para cumprimento da pena de prisão de seis anos pelo crime de abuso sexual de menor.

Dois cidadãos romenos foram extraditados para o país de origem, um deles para cumprimento de 11 meses de prisão pelo crime de roubo, e o outro para cumprimento de uma pena de prisão de dois anos pelo crime de tentativa de violação.

Um cidadão francês foi extraditado para a Suíça para procedimento criminal no qual é suspeito da prática dos crimes de abuso de confiança (apropriação indevida de dinheiro ou bens) e falsificação.

Os detidos, com idades entre os 19 e 71 anos, foram inquiridos nos tribunais da relação competentes, tendo aguardado pelos processos de extradição em prisão preventiva até serem entregues às autoridades requerentes, o que já aconteceu, refere a PJ.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG