PSI20 inverte tendência da abertura e negoceia em alta

O principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, estava hoje de manhã a ganhar 0,19% para 5.515,41 pontos, sob influência das ações da Mota-Engil e dos Correios de Portugal - CTT, depois de uma abertura com perdas.

Após abrir a perder 0,05% para 5.502,23 pontos, o PSI20 estava, pelas 09:05, a subir 0,19% para 5.515,41 pontos.

Das 18 empresas cotadas, 10 estavam a subir, cinco a descer e três estavam inalteradas: a Ramada Investimento (10,30 euros por ação), a Pharol (0,213 euros por ação) e a Ibersol (9,98 euros por ação).

Por aquela hora, a Mota-Engil liderava os ganhos, a subir 1,57% para 2,92 euros, seguindo-se os CTT (+0,71% para 3,39 euros) e o BCP (+0,40% para 0,253 euros).

Com menores avanços estavam a Altri (+0,36% para 8,26 euros), a Jerónimo Martins (+0,34% para 13,265 euros), a Galp Energia (+0,32% para 17,51 euros), a NOS (+0,24% para 4,974 euros), a EDP - Energias de Portugal (+0,21% para 3,393 euros), a EDP Renováveis (+0,11% para 8,71 euros) e a Sonae Capital (+0,11% para 0,874 euros).

A perder estavam a Sonae SGPS (-0,51% para 0,983 euros), a Corticeira Amorim (-0,37% para 10,74 euros), a Semapa (-0,32% para 18,46 euros), a Navigator (-0,09% para 4,432 euros) e a REN - Redes Energéticas Nacionais (-0,08% para 2,464 euros).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG