PS/Algarve pede revisão do programa de empréstimos a estudantes do Ensino Superior

O deputado socialista Luís Graça apelou hoje ao ministro Manuel Heitor para que "corrija" o âmbito da aplicação do programa de empréstimos a estudantes do Ensino Superior, encontrando uma solução que não exclua candidaturas a instituições algarvias.

Esta posição do deputado do PS eleito por Faro consta de uma pergunta que formalizou no parlamento e que dirigiu ao ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Luís Graça refere-se a notícias que "dão conta que podem candidatar-se estudantes de todos os ciclos (cursos técnicos superiores profissionais, licenciaturas, mestrados ou doutoramentos) e bolseiros que frequentem instituições públicas ou privadas no norte, centro e Alentejo, excluindo-se as restantes regiões, designadamente o Algarve, por não se encontrarem abrangidas pelo Programa Operacional Capital Humano".

Na perspetiva deste deputado, "tal discriminação", introduz "um fator de desigualdade", razão pela qual, como eleito pelo círculo de Faro, manifesta a sua "oposição, apelando por isso à revisão destes critérios".

"Apelamos ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para que corrija o âmbito da aplicação do programa de empréstimos a estudantes do Ensino Superior, rogando que encontre, se necessário, em sede de Orçamento do Estado para 2019, as verbas que permita tratar de forma igual todos os estudantes portugueses, evitando uma discriminação que merece a nossa discordância e condenação", escreve o socialista Luís Graça na pergunta enviada ao ministro Manuel Heitor.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG