Pedro Valdez Cardoso exibe mais de meia centena de desenhos em Lisboa

Uma exposição com a obra em desenho do artista Pedro Valdez Cardoso, com mais de 50 peças, vai ser inaugurada na terça-feira, na Fundação Portuguesa das Comunicações, em Lisboa.

"No meio do caminho tinha um osso, tinha um osso no meio do caminho" é o título desta exposição que é inaugurada na terça-feira, às 18:30, de acordo com a Galeria Bessa Pereira, parceira, com a fundação, da organização da mostra.

Pedro Valdez Cardoso, nascido em Lisboa, em 1974, onde vive e trabalha, apresenta, pela primeira vez, uma mostra dedicada na quase totalidade, ao desenho, que tem vindo a desenvolver desde 2004 até ao presente.

Reunindo um conjunto de mais de 50 desenhos e três esculturas, estas peças constroem-se dento do imaginário formal escultórico que o artista tem vindo a pesquisar, nomeadamente no recurso ao recorte e à costura.

Durante o período de exposição será lançado um livro com edição da Documenta, e texto de Filipa Oliveira.

Das exposições individuais dos últimos anos, apresentou, entre outras, "Reino", no Convento de Cristo, em Tomar (2014), "The Devil's Breath -- Parte III", MACE -- Museu de Arte contemporânea de Elvas (2014), "Discurso do Método", IVAM -- Instituto Valenciano de Arte Moderno, Valência, em Espanha (2013), "Quarto sem vista", Museu de Arte Contemporânea do Funchal, Madeira (2011), "O Peso da História", Museu Nacional de Soares dos Reis (2011), e "Crude", no Museu da Cidade/Pavilhão Branco, em Lisboa (2007).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG