IPDJ dá 80 mil euros para formação de classificadores de desporto adaptado

O Instituto Português do Desporto e da Juventude vai comparticipar com 80 mil euros a formação de classificadores dos diversos graus de deficiência ou incapacidade de praticantes de desporto adaptado.

O contrato-programa entre o IPDJ e o Comité Paralímpico de Portugal, hoje tornado público, permitirá, a curto prazo, que nenhum atleta com deficiência fique dependente de ser classificado apenas em competições internacionais e possa ser classificado em competições nacionais.

É igualmente referido, no âmbito deste contrato-programa, o apoio a projetos para praticantes em idade escolar e com necessidades educativas especiais.

O período de execução do programa termina no final de 2018, após o que passará a haver classificadores portugueses nos quadros internacionais, potenciando a verdade desportiva a competitividade dos atletas portugueses, em caso de classificação em grau de deficiência superior.

Exclusivos