Tancos: CDS-PP requer audição do general Rovisco Duarte e lista do material recuperado

O CDS-PP requereu hoje a audição urgente do chefe do Estado-Maior do Exército, general Rovisco Duarte, no parlamento, para prestar esclarecimentos sobre a recuperação do material furtado da base de Tancos, em junho passado.

No requerimento, que deu hoje entrada, os deputados João Rebelo e António Carlos Monteiro requerem também que "seja facultado à Comissão de Defesa Nacional a listagem completa do material recuperado".

O CDS-PP sublinhou que as "informações tornadas públicas" no sábado "contrariam as afirmações prestadas" pelo general Rovisco Duarte em outubro de 2017 relativamente à recuperação do material militar furtado na base militar de Tancos.

"Lamentavelmente, um ano depois, permanece por apurar integralmente os factos e as eventuais responsabilidades decorrentes do incidente acima referido", argumentou o CDS-PP, recordando uma nota da Presidência da República sobre o assunto, divulgada no sábado.

Assim, o CDS-PP "solicita, com a maior urgência, a realização de uma audição com o Chefe do Estado-Maior do Exército na Comissão de Defesa Nacional para um cabal esclarecimento das informações supramencionadas".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).