PSP do Porto deteve cinco pessoas por venda ilegal de aves na Feira dos Pássaros

A PSP do Porto anunciou hoje que deteve cinco pessoas por "venda ilegal de aves" na Feira dos Pássaros e apreendeu 63 espécimes que foram "devolvidos à natureza" no Parque Biológico de Gaia.

Em comunicado, o Comando Metropolitano da PSP do Porto revela que a operação conjunta, que envolveu o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), decorreu domingo junto da Feira dos Pássaros do Porto.

Foram detidas cinco pessoas e apreendidos dois automóveis, bem como 63 aves que foram devolvidas à natureza, junto do Parque Biológico de Gaia.

"Os detidos foram notificados para comparecerem junto das Autoridades Judiciárias", refere a PSP sobre uma operação que teve como objetivo o combate à venda ilegal de aves.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".