PR Moçambique leva governadora de Cabo Delgado para vice-ministra

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, exonerou hoje Celmira Frederico do cargo de governadora da província de Cabo Delgado e nomeou-a vice-ministra da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural.

O anúncio foi feito pela Presidência através de comunicado, sem adiantar mais explicações sobre a mudança.

O lugar que a nova vice-ministra vai ocupar estava vago desde a exoneração de Ana Coanai em dezembro de 2015.

Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, no extremo norte costeiro de Moçambique, foi alvo durante o mês de outubro de ataques armados contra a polícia por parte de dezenas de insurgentes, muitos ali residentes, de aparente inspiração radical islâmica, mas sem liderança conhecida.

O comunicado não adianta quem vai passar a dirigir o governo provincial.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.