Portugal coloca 1.250 ME em dívida a 10 e 15 anos com juros a caírem para mínimos

Lisboa, 12 jun 2019 (Lusa) - Portugal colocou hoje 1.250 milhões de euros, montante máximo anunciado, em Obrigações do Tesouro (OT) a 10 e 15 anos, com juros a caírem, para mínimos de sempre nos dois prazos, foi hoje anunciado.

Segundo a página do IGCP, agência que gere a dívida pública, na agência Bloomberg, foram colocados 625 milhões de euros em OT com maturidade em 15 de junho de 2029 (cerca de 10 anos) à taxa de juro de 0,639%, abaixo da do anterior leilão comparável de 08 de maio em que foram colocados 800 milhões de euros à taxa de juro de 1,059%, que também havia sido um mínimo histórico.

Em OT com maturidade em 18 de abril de 2034 (cerca de 15 anos) foram colocados hoje também 625 milhões de euros à taxa de juro de 1,052%, abaixo da do anterior leilão comparável de 08 de maio, em que foram colocados 450 milhões de euros à taxa de juro 1,563%.

Em 08 maio de 2019, Portugal colocou 1.250 milhões de euros, montante máximo anunciado, em OT a 10 e 15 anos, com os juros a caírem para mínimos de sempre no prazo mais curto.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.