Plataforma de moda 'online' Zalando vai contratar 150 pessoas em Lisboa até 2020

A plataforma de comércio 'online' de roupa e sapatos Zalando vai instalar em janeiro do próximo ano um centro tecnológico em Lisboa, estimando contratar 150 pessoas até 2020, entre engenheiros e 'designers', anunciou hoje a empresa.

Em declarações à agência Lusa, o responsável pelas áreas de parceria e inovação da Zalando, Marc Lamik, explicou que a empresa vai "contratar 50 engenheiros no primeiro ano [de funcionamento do centro] e aumentar para 100 nos dois anos seguintes, num total de 150 pessoas até 2020".

"Além de engenheiros, vamos contratar 'designers' e gestores de produto", notou Marc Lamik, justificando que, para a Zalando, "é importante ter pessoas especificamente para trabalhar num determinado produto ou mercado".

Contudo, isso não significa que a plataforma passe a estar disponível em Portugal.

"Não vamos vender para clientes em Portugal", ressalvou o responsável, frisando que o objetivo é trabalhar a partir de Lisboa para os 15 países onde a Zalando opera.

De acordo com Marc Lamik, a capital portuguesa tem "a melhor atmosfera possível" para instalar este centro.

"Em Lisboa, vimos um grande potencial para encontrar pessoas talentosas e notamos que o ecossistema empreendedor está a ter um grande crescimento", notou, falando também num trabalho de parceria com a comunidade local de 'startup' (empresas com potencial de crescimento rápido).

O centro tecnológico visa, assim, melhorar a experiência de compra, já que se pretende "melhorar a oferta dos produtos na loja 'online' e a informação disponibilizada aos clientes, dando-lhes um 'upgrade' na navegação", indicou o representante.

Questionado pela Lusa sobre o investimento, Marc Lamik escusou-se a apontar valores.

"Não estamos a estabelecer um número. É importante para nós contratar os melhores profissionais e dar-lhes as melhores condições possíveis", justificou.

Também o local é indefinido, sabendo-se apenas que será no centro de Lisboa.

"Estamos à procura de um espaço com acessibilidades, próximo do centro da cidade", referiu o responsável.

Fundada em 2008, em Berlim (Alemanha), a Zalando é uma plataforma de moda 'online' que liga clientes, marcas e parceiros de 15 países europeus.

Ali, estão disponíveis cerca de 250 mil artigos de roupa, sapatos e acessórios, num total de 2.000 marcas.

As marcas são de vários tipos, passando pelas de renome globais, pelas locais e pelas acessíveis (de 'fast fashion').

Em 2016, a empresa teve lucros de 3,6 mil milhões de euros, registando também nesse ano cerca de 70 milhões de encomendas e perto de 21 milhões de clientes ativos.

A Zalando tem, atualmente, mais de 12 mil colaboradores, 1.800 dos quais na área da tecnologia.

Exclusivos