Número de visitas ao Museu Amadeo Souza-Cardoso em Amarante aumentou 17% em 2017

O número de pessoas que visitou o Museu Amadeo de Souza-Cardoso, em Amarante registou um aumento de 17% em 2017, comparativamente com o ano anterior, informou hoje fonte autárquica.

Segundo a fonte, aquele equipamento cultural gerido pelo município registou no ano passado uma afluência de 23.288, enquanto que em 2016 tinham sido identificadas 19.918 visitas.

De 2015 para 2016, o crescimento já tinha sido de 35%.

Para a autarquia de Amarante, no distrito do Porto, aqueles "números reforçam a posição do Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, no âmbito da Rede Nacional de Museus, e afirmam o seu crescente prestígio junto do público.

Atualmente, assinalou ainda, aquele museu integra a oferta de muitos operadores turísticos. O aumento do número de visitas àquele equipamento cultural, que se tem verificado nos últimos anos, está em linha, concluiu a câmara, com afluência cada vez maior de turistas, incluindo muitos grupos de estrangeiros, à cidade de Amarante, traduzindo "a estratégia de valorização da marca Amarante que o município tem implementado".

O pintor modernista Amadeo de Souza-Cardoso é natural de Mancelos, Amarante, onde nasceu a 14 de novembro de 1887.

No museu podem ser vistas dezenas de obras de Amadeo (pinturas e desenhos), mas também de outros artistas de Amarante, como António Carneiro e Acácio Lino.

Até 25 de março, os visitantes podem apreciar a exposição que resultou da 11ª. edição do Prémio Amadeo de Souza-Cardoso, que se realizou em 2017.

Exclusivos