IP perspetiva inicío das obras na EN247, em Sintra, para maio

A Infraestruturas de Portugal (IP) perspetivou hoje iniciar as obras de reparação do piso da Estrada Nacional 247 (EN247), em Sintra, durante o mês de maio, resolvendo os condicionamentos de trânsito que têm afetado aquela via desde novembro.

A travessia da EN247 - que liga a vila de Sintra à freguesia de Colares, no distrito de Lisboa - tem estado a ser feita, desde novembro, apenas por uma via (semaforizada), na zona de Galamares, devido à queda de um muro.

Esta situação tem originado "enormes filas de trânsito", nalguns casos com oito quilómetros.

"Desesperados pelo arrastar desta situação", e em protesto, um grupo de utilizadores desta via tentou esta manhã cortar a estrada, tendo sido demovidos pelo presidente do município, que se deslocou ao local para mostrar a sua solidariedade.

Basílio Horta (PS) sublinhou que esta estrada é utilizada diariamente por milhares de pessoas nas suas deslocações para Colares, Praia Grande, Praia das Maçãs e Azenhas do Mar, e instou a IP a realizar uma "intervenção urgente" naquele troço.

Esta tarde, em resposta a estas críticas, a IP explicou que já tinha procedido "ao lançamento do concurso para a empreitada", mas que este "ficou deserto", tendo sido "necessário lançar novo procedimento com urgência".

"A IP tem mantido diálogo permanente com a autarquia, com vista a minimizar os incómodos para os utilizadores da via, mas não tendo sido possível uma solução concertada, a IP prevê adjudicar a empreitada no próximo mês de maio", refere a entidade, em comunicado.

Ao início desta tarde, em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Sintra tinha perspetivado que o investimento necessário para esta intervenção seria entre 30 a 40 mil euros.

Ler mais

Exclusivos