Idanha-a-Nova investe 151 mil euros viaturas elétricas para recolha de resíduos

A Câmara de Idanha-a-Nova adquiriu quatro viaturas elétricas para recolha de resíduos urbanos, um investimento de 151 mil euros que se insere na estratégia ambiental do município, foi hoje anunciado.

"A opção por veículos elétricos reflete a estratégia ambiental de Idanha, visto que este município aposta na economia verde e é a primeira Bio Região em Portugal", refere em comunicado o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto.

O autarca explica que foram adquiridas duas viaturas elétricas para a recolha de resíduos sólidos urbanos, destinadas a operar na aldeia histórica de Monsanto e em Penha Garcia, um veículo com caixa de rede basculante para recolha de resíduos no Parque de Campismo Municipal e um aspirador urbano para a vila de Idanha-a-Nova.

"As novas viaturas irão suprir necessidades no concelho, nomeadamente em duas localidades com acessos difíceis para a recolha de resíduos (Monsanto e Penha Garcia), mas também no Parque de Campismo e nas ruas das áreas urbanas", sublinhou.

Os novos veículos, para além de melhorarem a qualidade do serviço de recolha de resíduos urbanos, permitem à Câmara de Idanha-a-Nova, em parceria com os restantes atores do concelho, continuar a consolidar o desempenho ambiental, numa estratégia de eficiência coletiva.

Ler mais