I Liga 17/18: Promovido Desportivo das Aves quer fazer história e conseguir permanência

O Desportivo das Aves regressa à I Liga portuguesa de futebol - uma década depois da última presença - com novo treinador, um plantel renovado e muita ambição de garantir cedo a manutenção na prova.

O objetivo passa essencialmente pela permanência, uma situação que seria histórica uma vez que o Desportivo das Aves nunca conseguiu manter-se no escalão principal duas épocas consecutivas.

Para cumprir esse desejo, a equipa já assegurou 21 reforços, grande parte deles com bastante experiência na I Liga, como Sami (ex-Arouca), Salvador Agra (ex-Nacional, emprestado pelo Benfica), Nélson Lenho (ex-Desportivo de Chaves) e Derley (após empréstimos do Benfica ao Kayserispor e Chiapas).

O treinador Ricardo Soares estreou-se na época passada nos campeonatos profissionais ao serviço do Desportivo de Chaves. A juventude, audácia e ambição são as principais caraterísticas do técnico que forma equipas essencialmente com base numa organização defensiva forte e em transições ofensivas rápidas.

Nesse sentido, teve um papel ativo nas escolhas dos jogadores que completam o plantel do Desportivo das Aves, optando por trazer consigo jogadores que conhece bem, tais como os dois ex-Desportivo de Chaves Ponck (cedido pelo Benfica) e Nélson Lenho.

Para esta nova aventura na I Liga, o Desportivo das Aves apresenta-se com um estádio completamente remodelado, desde o terreno de jogo às bancadas, com novas cadeiras, tribuna presidencial, camarotes e bancada de imprensa melhorada.

O início oficial da temporada não começou da melhor forma para o Desportivo das Aves que, no passado domingo - uma semana antes do arranque do campeonato - sofreu uma derrota perante o Moreirense (1-0) a contar para a Taça da Liga, falhando, deste modo, o acesso à fase de grupos da prova.

A campanha na pré-época foi positiva conseguindo três vitórias nos jogos de preparação (frente a FC Porto B, Sporting de Espinho e Vizela), dois empates (Académico de Viseu e Sporting da Covilhã) e duas derrotas (Desportivo de Chaves e Sporting de Braga).

O Desportivo das Aves arranca a sua quarta época na I Liga, depois das passagens em 1985/86, 2000/01 e 2006/07, com a receção ao Sporting, no domingo.