França/Eleições: Líder do CDS-PP espera vitória de Macron na segunda volta

*** Serviço áudio e vídeo disponíveis em www.lusa.pt

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, destacou hoje a vitória de Emmanuel Macron na primeira volta das eleições francesas, que se disputaram no domingo, e disse esperar pela vitória do candidato liberal pró-europeu na segunda volta.

"O que vimos foi, por um lado, um candidato que se afirmou convictamente europeísta, com uma política positiva para a Europa, ficar em primeiro lugar nas eleições, isso é muito importante numa altura em que o projeto europeu sofre muitas críticas", afirmou a líder centrista, em declarações à Agência Lusa.

Falando à margem de uma visita ao bairro da Ameixoeira, em Lisboa, onde contactou com a população enquanto candidata à Câmara Municipal, Assunção Cristas defendeu ser "importante valorizar aquilo que [a Europa] tem de bom e mostrar vontade e disponibilidade para, com espírito crítico, melhorar este projeto europeu".

"Eu creio que essa é uma nota europeísta que a nós nos apraz registar, no CDS, e que é positiva para o debate e para a construção europeia", apontou.

Segundo a presidente centrista, o CDS-PP olha "para estes resultados com uma grande esperança".

"E, portanto, vemos com expectativa agora o desenrolar da situação política em França e esperamos que no dia 07 [de maio, data da segunda volta] de facto ganhe quem defende um projeto europeu, um projeto que possa ajudar a União Europeia também a prosseguir no bom caminho, que é o caminho da resolução positiva dos problemas dos seus cidadãos".

Assunção Cristas aproveitou para realçar também o facto de os extremismo de esquerda e direita terem sido "relegados para um plano secundário".

Quanto à candidata Marine Le Pen, a líder do CDS-PP disse esperar que, "de facto fique por aqui, e que não passe deste resultado que foi obtido nesta primeira volta".

O liberal pró-europeu Emmanuel Macron venceu a primeira volta das presidenciais francesas com 24,01% dos votos, à frente da líder da extrema-direita francesa Marine Le Pen que conseguiu 21,30% dos votos, segundo os resultados do escrutínio de domingo.

Segundo os resultados definitivos publicados hoje pelo Ministério do Interior francês, o candidato conservador François Fillon ficou na terceira posição com 20,01% dos votos, seguido pelo candidato da esquerda radical Jean-Luc Mélenchon com 19,58% dos votos.

Macron e Le Pen deixaram para trás os candidatos dos partidos tradicionais franceses, os socialistas e os republicanos, e disputam a segunda volta das eleições a 07 de maio.

Exclusivos