Feira Cultural de Coimbra quer atrair novos públicos

Coimbra, 29 mai 2019 (Lusa) - A Feira Cultural de Coimbra, que decorre de sexta-feira a 10 de junho, quer atrair novos públicos, num evento que conta com a presença do 'youtuber' Sirkazzio e que dá destaque à cultura pop na iniciativa "24 horas culturais".

O evento, que é o sucessor da Feira do Livro da cidade, conta com 200 expositores, dos quais cerca de 80 associados ao artesanato, mais de 50 de livrarias, alfarrabistas e editoras de livros, nove de artes plásticas, 21 de gastronomia e quatro de edições musicais.

"O modelo inicial entrou em dificuldades práticas, quase que tinha definhado e, com o novo conceito, tendo como foco o livro, está aberto a outras componentes de natureza cultural", afirmou hoje, na apresentação da feira, o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado.

Nesse sentido, a sexta edição da Feira Cultural de Coimbra, que decorre no Parque Manuel Braga, aposta "em atrair novos públicos e manter os públicos que frequentemente visitam a Feira do Livro", disse o autarca, salientando a criação de um auditório para realizar algumas das iniciativas que vão ter lugar no evento, como é o caso de uma palestra do escritor José Rodrigues dos Santos.

Para além disso, Manuel Machado salientou a aposta noutras componentes culturais, como música ou gastronomia.

"Não estamos a competir com nenhuma outra Feira do Livro, porque a nossa é ímpar. É uma aposta no que há de melhor", disse.

No que toca à atração de novos públicos, a vereadora da Cultura, Carina Gomes, frisou a participação da comunidade escolar na Feira Cultural de Coimbra, a presença do "maior youtuber português", Sirkazzio, no sábado, assim como a iniciativa "24 horas culturais", de 08 para 09 de junho, que vai estar subordinada ao tema da cultura pop, com um 'sunset' e uma "'geek night' e um 'geek breakfast'", com atividades como torneios de videojogos, jogos de tabuleiro ou cinema.

No setor do livro, para além de uma palestra de José Rodrigues dos Santos, a 04 de junho, sobre jornalismo e escrita literária, vão também estar presentes, no domingo, Inês Pedrosa e Pedro Chagas Freitas.

No evento, vai decorrer também um espetáculo de tributo a José Carlos Ary dos Santos, por Joaquim Lourenço. e concertos de Twist Connection (sexta-feira) e Quatro e Meia (09 de junho).

Sessões de contos, dança, atuações de grupos folclóricos, exposições, atividades para crianças, apresentação de 'cosplays', um mercado de trocas para crianças e jovens, uma feira de produtos rurais e uma oficina de origami são outras das iniciativas a decorrer na Feira Cultural de Coimbra.

A Feira Cultural de Coimbra termina a 10 de junho com um espetáculo intitulado "Uma Breve História da Música", produzido pelo Coletivo de Artistas Independentes de Coimbra.

Segundo o presidente da Câmara Municipal, a Feira Cultural de Coimbra representa um investimento de 250 mil euros (na primeira edição foi de 94 mil euros).

Exclusivos