FCT cria prémios para trabalhos de investigação relacionados com o 'arquivo.pt'

A Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) lançou um concurso para trabalhos de investigação sobre o repositório de páginas web criadas em Portugal 'arquivo.pt', disse à Lusa o gestor do arquivo, Daniel Gomes.

O concurso, que prevê um prémio de 10.000 euros para o vencedor, 3.000 euros para o segundo classificado e de 2.000 euros para o terceiro projecto selecionado, tem candidaturas abertas até 04 de maio, pretende estimular trabalhos, em formato escrito ou multimédia, que utilizem a informação preservada pelo 'arquivo.pt'.

"A FCT pretende que as pessoas percebam que o 'arquivo.pt' detém informação com utilidade para qualquer pessoa, independentemente da sua área de trabalho", disse Daniel Gomes.

O 'arquivo.pt' é uma plataforma online, de acesso livre, de preservação de "primeiras edições" de páginas web criadas desde 1996 que reúne cerca de dois milhões de ficheiros.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

"Corta!", dizem os Diáconos Remédios da vida

É muito irónico Plácido Domingo já não cantar a 6 de setembro na Ópera de São Francisco. Nove mulheres, todas adultas, todas livres, acusaram-no agora de assédios antigos, quando já elas eram todas maiores e livres. Não houve nenhuma acusação, nem judicial nem policial, só uma afirmação em tom de denúncia. O tenor lançou-lhes o seu maior charme, a voz, acrescida de ter acontecido quando ele era mais magro e ter menos cãs na barba - só isso, e que já é muito (e digo de longe, ouvido e visto da plateia) -, lançou, foi aceite por umas senhoras, recusado por outras, mas agora com todas a revelar ter havido em cada caso uma pressão por parte dele. O âmago do assunto é no fundo uma das constantes, a maior delas, daquilo que as óperas falam: o amor (em todas as suas vertentes).