Académica da Praia campeã de Cabo Verde pela segunda vez na sua história

Porto Novo, Cabo Verde 02 jun (Lusa) - A Académica da Praia sagrou-se hoje campeã de Cabo Verde em futebol pela segunda vez na sua história, após vencer o Mindelense de São Vicente por 2-0 na final do campeonato.

Em jogo disputado no Estádio Municipal do Porto Novo, os golos foram apontados por Ró e Mike, na segunda parte do prolongamento, após mais de 110 minutos de muito esforço de parte a parte, mas sem grandes oportunidades para marcar.

O homem do jogo foi Mike, que entrou na segunda parte e cruzou para o primeiro golo de Ró e marcou o segundo golo da sua equipa, num contra-ataque bem-sucedido, quando o Mindelense procurava o empate.

A Académica da Praia conquistou o seu segundo título de campeão de Cabo Verde, após o primeiro no longínquo ano de 1965, ainda antes da independência de Cabo Verde, conseguida de Portugal a 05 de julho de 1975.

Já o Mindelense continuou com os seus 19 títulos de campeão de Cabo Verde, sendo sete antes e 12 depois da independência.

Esta foi a primeira vez que a final do campeonato de Cabo Verde foi decidida num só jogo e a primeira vez também que Académica da Praia e Mindelense de São Vicente se encontram na decisão.

Foi o terceiro jogo realizado esta época entre Académica e Mindelense e o primeiro com golo, já que os dois outros na fase de grupos terminaram empatados a zero, primeiro na Praia e depois no Mindelo.

Durante o jogo, destaque ainda para a festa protagonizada pelos adeptos nas bancadas do Estádio Municipal do Porto Novo, na sua maioria do Mindelense, que viajaram da vizinha ilha de São Vicente para apoiar a sua equipa.

As regiões de São Vicente e Santiago Sul cimentam assim o domínio no futebol cabo-verdiano, ao ganharem todas as últimas 14 edições do campeonato, sendo oito para Santiago Sul e seis para São Vicente.

Esta foi a 54ª edição do campeonato de Cabo Verde (antes e após a independência), com as equipas de Santiago Sul e de São Vicente a ganharem juntas 49 provas, sendo que agora 22 para Santiago Sul e 27 para São Vicente.

As outras seis edições foram conquistadas por equipas das regiões desportivas do Fogo e Maio, com uma cada, e Sal e Boavista, com dois campeões cada, sendo que o último a intrometer-se entre São Vicente e Santiago Sul foi o Sal-Rei da Boavista, em 2004.

O treinador da Académica da Praia, Lito Aguiar, tornou-se bicampeão de Cabo Verde, depois de o ter conseguido no ano passado ao serviço do Sporting, também da Praia.

Ler mais

Exclusivos