Infraestruturas de Portugal e Câmara de Felgueiras vão partilhar despesas de nova variante

A Infraestruturas de Portugal e a Câmara de Felgueiras vão assinar, na quarta-feira, o acordo de colaboração que permitirá avançar com a execução do projeto de ligação da A42 à zona industrial de Cabeça e Porca, avançou hoje à Lusa fonte autárquica.

Segundo a fonte, a cerimónia vai realizar-se numa empresa situada naquela zona industrial, no norte do concelho de Felgueiras, estando prevista a presença do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

A concretização do projeto ocorre no âmbito do Programa de Valorização das Áreas Empresariais, lançado em 2017 pelo Governo.

O acordo entre o município e a tutela, negociado nas últimas semanas, prevê que seja a câmara a assumir os encargos com a aquisição dos terrenos, cabendo à administração central 85% dos custos com a empreitada. Os 15% restantes serão da responsabilidade da câmara.

O custo estimado da empreitada é de 8,5 milhões de euros.

A ligação daquela zona industrial à A42, junto à rotunda da denominada "Casa do Diabo", é uma reivindicação antiga da câmara e dos empresários.

Em Felgueiras, acredita-se que a nova acessibilidade rodoviária ajudará a escoar a produção de algumas das maiores empresas do concelho, a maioria do setor do calçado, que dão emprego a milhares de trabalhadores dos municípios de Felgueiras, Fafe e Celorico de Basto, entre outros.

Além disso, ajudará a retirar diariamente da área urbana da cidade e freguesias limítrofes milhares de viaturas, incluindo centenas de veículos pesados que asseguram o transporte de mercadorias e matérias-primas associadas à atividade daquela zona industrial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG