"Estoril" de Dejan Tiago-Stankovic é um romance cómico de espiões - Autor de "McMafia"

O livro "Estoril", do escritor sérvio naturalizado português Dejan Tiago-Stankovic, é um "romance de espiões, cómico", descreveu o autor de "McMafia", o britânico Misha Glenny, ao apresentar a tradução para inglês da obra.

"É muito engraçado e tem boas histórias. É brilhante como ele constrói a atmosfera e a narrativa", elogiou, acrescentando que o livro oferece uma "grande metáfora para explorar o caráter da história europeia".

Antigo jornalista que acompanhou a desintegração e guerra na Jugoslávia, Glenny é autor de vários livros, incluindo "McMafia", sobre o mundo do crime organizado internacional, que inspirou uma série de televisão com o mesmo nome na BBC.

Fluente em sérvio, contou ter tido lido a obra a conselho de um amigo comum e foi ele que viabilizou a tradução, feita a partir do servo-croata por Christina Pribichevich-Zoric.

"Estoril" desenrola-se em Portugal durante a Segunda Guerra Mundial, no Hotel Palácio, localizado no Estoril, misturando ficção com factos e personagens históricas que terão ali ficado alojados nos anos 1940.

Dusko Popov, um espião sérvio e agente duplo que trabalhou para os serviços secretos britânicos, foi a inspiração e é um dos protagonistas, mas inclui figuras como os escritores Ian Fleming e Saint-Exupéry, o rei deposto de Roménia Carlos II ou a atriz de origem húngara Zsa Zsa Gabor.

Publicado inicialmente em sérvio, em 2015, foi distinguido com o Prémio Branko Copic de melhor romance, pela Academia Sérvia de Artes e Ciências, e tornou-se num sucesso de vendas, levando a várias impressões naquele país.

Em Portugal, foi publicado em 2016 pela editora E-primatur, através da chancela BookBuilders, que foi criada para publicar obras menos conhecidas, mas o autor lamenta que tenha sido pouco divulgado e conhecido junto dos leitores portugueses.

"O papel principal do livro é Portugal, o Portugal de Salazar. Mas ainda ninguém ainda pegou em mim", lamentou Dejan Tiago-Stankovic, em declarações à agências Lusa, na embaixada de Portugal em Londres, onde a tradução inglesa foi apresentada na terça-feira à noite.

Nascido em 1965, em Belgrado, na antiga Jugoslávia, onde estudou arquitetura, Dejan Tiago-Stankovic viveu em Londres, onde conheceu a ex-mulher, portuguesa, com quem se mudou para Portugal em 1996.

Traduziu livros de José Saramago, José Cardoso Pires e Fernando Pessoa para servocroata e de Ivo Andric, para português, e contribui com artigos para imprensa da Sérvia, Croácia, Brasil e Portugal, entre outros países.

No ano passado, Dejan Tiago-Stankovic escreveu "Contos de Lisboa", igualmente traduzido em língua inglesa, que - soube nos últimos dias -, foi comprado pela cantora Madonna numa loja em Lisboa.

A tradução para inglês, vincou, vai permitir que o livro "Estoril" chegue "ao resto do mundo" e espera que também ajude na promoção da obra em Portugal.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG