Descendentes de portugueses na Indonésia animam Malaca ao som do "Malhão malhão"

Os descendentes de portugueses na Indonésia animaram hoje, ao longo do dia, a 2.ª Conferência das Comunidades Portuguesas na Ásia ao som do "Malhão malhão" e músicas em crioulo, que juntou no Bairro Português de Malaca representantes das comunidades luso-asiáticas.

Cerca de 300 pessoas das comunidades de herança portuguesa da Indonésia, Singapura, Malásia, Timor-Leste, Austrália, Tailândia e Sri Lanka juntaram-se no Bairro Português em Malaca, Malásia, para reforçar um legado histórico com mais de 500 anos e apresentar as suas tradições imateriais.

Na cidade onde em 1509 Diogo Lopes Sequeira, enviado do rei D. Manuel, aportou para estabelecer relações e dois anos mais tarde Afonso de Albuquerque desembarcou, demoliu a Grande Mesquita, e levantou no local uma fortaleza que seria um importante entreposto comercial, o grupo musical "Krontjog Toegoe' foi animando os restantes convidados, entre os quais o secretário de Estado das comunidades portuguesas, José Luís Carneiro, e o presidente da AMI Portugal, Fernando Nobre.

"Somos mais de 200 pessoas com sangue português em Kampung Tugu", o bairro de descendentes de portugueses em Jacarta, contou à Lusa Lisa Michiels, durante um dos intervalos das atuações do seu grupo musical", equipada a rigor com trajes que fazem lembrar os grupos folclóricos portugueses.

Os moradores do bairro, disse, sentem-se portugueses, "filhos dos valentes descobridores portugueses".

Depois de mais de 500 anos desde a chegada dos primeiros navios portugueses à Indonésia, Lisa Michiels, garante que sentem que são de igual forma, portugueses e indonésios.

"Nós tocamos com cavaquinho", disse, orgulhosa a luso-indonésia, acrescentando que foram há três anos tocar em Lisboa no Museu do Fado e que foi nessa viagem que perceberam que o crioulo que falam no bairro é muito parecido com o português atual.

"Esperamos poder visitar Portugal mais uma vez, os portugueses adoraram a nossa música", concluiu.

Para além de terem atuado na 2.ª Conferência das Comunidades Portuguesas na Ásia, os Krontjog Toegoe animaram ainda as festividades do São Pedro que arrancaram na sexta-feira em Malaca e que vão decorrer até domingo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG