Bolsa de Lisboa desce 1,81% em linha com as principais bolsas europeias

Lisboa, 13 mai 2019 (Lusa) - A bolsa de Lisboa encerrou hoje com uma descida de 1,81% no índice PSI20, para 5.070,37 pontos, em linha com as principais praças europeias, retomando a série de perdas que havia sido interrompida na sexta-feira.

Das 18 empresas cotadas no princial índice português, 13 ficaram em terreno negativo, tendo cinco subido a cotação.

As perdas foram lideradas pela Mota-Engil, que registou uma variação negativa de 4,49% para 2,04 euros, seguida de perto pela EDP, que desceu 4,04% para 3,16 euros.

Em terreno negativo seguiu-se a Navigator, com uma descida de 3,09% para 3,45 euros, seguindo-se a Semapa e os CTT, que perderam ambos 2,82% para 13,10 e 2,28 euros, respetivamente.

Nas descidas acima de 2% ficaram também a Sonae SGPS (2,74% para 0,92 euros), Altri (2,72% para 6,26 euros), Pharol (2,26% para 0,16 euros), BCP (2,15% para 0,25 euros) e a Corticeira Amorim (2,13% para 10,12 euros).

Abaixo de 2%, negociaram em terreno negativo a Jerónimo Martins (1,92% para 13,53 euros), a Galp Energia (1,33% para 13,71 euros) e a NOS (0,69% para 5,72 euros).

As subidas foram lideradas pela Ibersol, que valorizou 1,51% para 8,08 euros, e pela EDP Renováveis, que subiu 1,17% para 8,64 euros.

A REN (0,79% para 2,55 euros), Sonae Capital (0,69% para 0,87 euros) e Ramada (0,52% para 7,74 euros) também valorizaram na sessão de hoje.

O PSI20 acompanhou a tendência do resto da Europa, já que a bolsa de Frankfurt desceu 1,52%, a de Paris 1,22%, a de Madrid 0,78% e a de Londres 0,55%.

Exclusivos