Bienal internacional de Cerâmica Artística de Aveiro vai expor 107 obras

Aveiro, 17 abr 2019 (Lusa) -- A Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro, que decorre em novembro, vai expor 107 obras de artistas de 25 nacionalidades diferentes, fazendo desta edição "a mais internacional de sempre", informou hoje a autarquia local.

Segundo um comunicado da Câmara, o júri presidido pelo norueguês Torbjørn Kvasbø selecionou 83 candidaturas, num universo de 245 candidaturas apresentadas, para a exposição final da Bienal, que acontece no Museu de Aveiro/Santa Joana, de 01 a 30 de novembro.

Estarão presentes em Aveiro artistas de 25 nacionalidades diferentes que abrangem os continentes da Europa, América e Ásia.

Portugal é o país com mais candidaturas selecionadas (15). Seguem-se a Espanha (10 candidaturas), Itália (nove) e Alemanha, Eslovénia e Polónia (com cinco candidaturas, cada uma).

A autarquia realça que este ano houve mais 120 candidaturas para a Bienal, face a 2017, o que representa um crescimento de 96%.

Segundo o município, a Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro constitui uma referência internacional neste setor cultural e artístico desde 1989, contribuindo para a produção de cerâmica artística contemporânea através do estímulo à experimentação e à criatividade, constituindo-se como um polo dinamizador de novas tendências da cerâmica.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG