Autárquicas: Parada (independente) confiante na vitória em Matosinhos pela sondagem de rua

O candidato independente à Câmara Municipal de Matosinhos António Parada disse hoje à Lusa que a "sondagem das ruas" o mantém confiante numa "vitória clara" nas eleições do próximo domingo.

"A verdadeira sondagem é no dia 01 de outubro quando os matosinhenses vão ter de escolher entre o passado, com Narciso Miranda, a continuidade da desgraça, com Luísa Salgueiro, ou o futuro, com a renovação de políticas encabeçada por um movimento que emana da cidadania, sem vícios nem comprometimentos políticos", afirmou durante uma ação de rua.

Quanto às sondagens que o colocam em terceiro lugar, atrás de Luísa Salgueiro (PS) e Narciso Miranda (independente), António Parada entendeu que os eleitores não se vão deixar condicionar porque é "sabido" que as listas independentes aparecem sempre com resultados muito abaixo daquela que é a votação real.

"Os números apresentados até ao momento só deram mais força ao movimento, que todos os dias vê a onda crescer e que vai prosseguir a campanha eleitoral numa ótica de esclarecimento das populações, correspondendo aos seus anseios", vincou.

António Parada recordou que a ação social, a criação de emprego, a dinamização do turismo e da economia e a diminuição de impostos são as linhas orientadoras do seu programa eleitoral para devolver a qualidade de vida à população.

Na área da ação social, as medidas passam pelo combate à pobreza, privilegiando a habitação social, os cuidados de saúde e a educação, referiu.

A redução da fiscalidade para as empresas que se queiram instalar no concelho, o facilitar condições para a instalação de zonas empresariais responsáveis e a criação de uma Agência Municipal de Investimento são medidas que António Parada quer levar a cabo para conferir outra dinâmica económica ao concelho.

Já no turismo, o independente quer a criação de polos de atração turística como os passadiços do Leça, o Museu do Mar, o Museu da Conserva ou uma escola de hotelaria.

São candidatos à Câmara Municipal de Matosinhos, no distrito do Porto, Luísa Salgueiro (PS), Jorge Magalhães (PSD), José Pedro Rodrigues (CDU), Ferreira dos Santos (BE), Filipe Cayolla (PAN), Narciso Miranda (independente) e António Parada (independente com apoio do CDS-PP).

O executivo da Câmara de Matosinhos é composto por seis elementos do Grupo de Cidadãos Eleitores Guilherme Pinto por Matosinhos, dois do PS, um do PSD, um da CDU (com pelouro atribuído por Guilherme Pinto) e um independente.

As eleições autárquicas no próximo domingo, dia 01 de outubro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG