Autárquicas: Cristiano Coelho é candidato do CDS/PPM em Moimenta da Beira

O jurista Cristiano Coelho, de 35 anos, é o cabeça-de-lista da coligação "Unidos pelo Futuro", que junta o CDS/PP e o PPM na candidatura à Câmara de Moimenta da Beira.

Segundo Cristiano Coelho, que atualmente é vereador da coligação PSD/CDS, esta candidatura "acontece quase naturalmente".

Isto porque, na condição de vereador, apresentou "ao longo dos últimos quatro anos uma série de propostas construtivas no órgão executivo que continuam a merecer concretização num programa eleitoral", justificou.

Na sua opinião, entre as várias ideias que apresentou, merece destaque a proposta de criação do Gabinete de Apoio ao Empreendedor, que "serviria para fomentar o investimento e o emprego, dada a importância desta matéria para a coesão territorial e para a igualdade de oportunidades no nosso concelho".

A proposta de criação de um orçamento participativo, que "permitiria a aproximação das pessoas à decisão política", é outra ideia que realçou.

Constituída por "uma nova geração de pessoas com conhecimentos em diferentes áreas de atuação", esta candidatura quer ser "dinâmica do ponto de vista das ideias".

Nesse âmbito, a candidatura promete encontrar "propostas diferentes e inovadoras para que Moimenta da Beira se distinga pela promoção da iniciativa privada e pelo investimento criador de emprego".

No entender de Cristiano Coelho, "este é o único caminho que pode conduzir à sustentabilidade financeira e populacional, a par da necessidade de recuperar a hegemonia de outrora no setor da educação e de garantir que dentro de quatro anos o concelho de Moimenta da Beira não perde influência política e económica".

Na corrida autárquica está também o atual presidente da Câmara, José Eduardo Ferreira (que se recandidata a um terceiro mandato pelo PS) e o advogado João Xavier (PSD).

Nas eleições autárquicas de 2013, o PS foi o vencedor, conquistando 61,82% dos votos e cinco mandatos.

A coligação do PSD/CDS-PP, com 28,59% dos votos, conseguiu dois mandatos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG