Associações juntam-se em Santarém para aumentar número de camas para deficientes mentais

A APPACDM de Santarém vai desenvolver, até fevereiro, em conjunto com a Associação Salvador, dezenas de iniciativas que visam a angariação de fundos destinados a aumentar a capacidade de internamento e responder à procura das famílias dos seus utentes.

Luís Amaral, presidente da direção da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental (APPACDM) de Santarém, disse à Lusa que há, pelo menos, 30 utentes da instituição a aguardar por uma cama, tendo em conta as dificuldades crescentes das famílias, envelhecidas, em lhes prestarem o devido apoio nas suas residências.

A instituição tem dois projetos a aguardarem financiamento para poderem avançar, um que permita expandir o internamento atual nas instalações situadas no Vale de Santarém para acolher mais oito camas, com um custo estimado de 250.000 euros, e outro para aumentar em mais 12 camas a área existente no Cartaxo.

Aguardando a abertura de um novo Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES), para candidatar esses projetos, a APPACDM de Santarém procura desenvolver iniciativas que permitam ir reunindo fundos que assegurem a sua parte no financiamento, surgindo o projeto com a Associação Salvador nesse âmbito, afirmou.

O projeto "Juntos", que será apresentado ao final da tarde de hoje numa sessão que reúne responsáveis das duas instituições e de todos os patrocinadores, entre os quais as Câmaras Municipais de Santarém e do Cartaxo, tem previstas cerca de 40 iniciativas dirigidas à população em geral, que envolverão 52 voluntários e 47 organizações.

O objetivo é conseguir angariar 20.000 euros, sendo que, no caso da Associação Salvador, os fundos que lhe couberem se destinarão à aquisição de material adaptado para pessoas com deficiência motora.

O projeto desafia as "forças vivas do concelho" de Santarém - instituições, empresas, organizações, clubes, entre outros -- a desenvolverem iniciativas "de sensibilização e angariação de fundos", afirma uma nota de divulgação do projeto.

A APPACDM Santarém apoia, diariamente, 300 pessoas com deficiência, proporcionando aos seus utentes atividades socioeducativas e ocupacionais, formação e integração profissional e de intervenção precoce.

A Associação Salvador, fundada em 2003, procura promover a integração das pessoas com deficiência motora e melhorar a sua qualidade de vida.

Exclusivos