Exclusivo Paço Real de Caxias novamente em concurso público no Revive

Edifício classificado, já em mau estado de conservação, deveria ter sido requalificado para estabelecimento hoteleiro, mas a anterior concessão acabou revogada.

O Paço Real de Caxias, um edifício do século XVII em Oeiras classificado como imóvel de interesse público, está novamente a concurso público para concessão no âmbito do programa Revive. Pela segunda vez: o imóvel já tinha sido concessionado em março de 2020 e deveria ter aberto portas como estabelecimento hoteleiro no primeiro trimestre deste ano. Mas as obras nunca chegaram a arrancar e a concessão acabou por ser revogada.

Segundo o Ministério da Economia e do Mar, que ontem anunciou a abertura do novo concurso público, o Paço Real será concessionado por um período de 50 anos, por uma "renda anual mínima de 174 912 euros, estimando-se um investimento de recuperação na ordem dos 11 milhões de euros". Os investidores terão agora um prazo de "48 dias para apresentação de propostas no novo concurso, em condições idênticas às do concurso anterior".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG