Lisboa vai dar nome de Eunice Muñoz a equipamento cultural ou espaço na cidade

O vereador com a tutela da Cultura, Diogo Moura, revela que já há contactos com a família da atriz para encontrar a "forma mais do que justa" para a homenagear.

A atriz Eunice Muñoz, que morreu há uma semana, vai dar nome a uma rua, equipamento cultural ou espaço da cidade de Lisboa, decidiu esta sexta-feira a Câmara Municipal.

O executivo da Câmara Municipal de Lisboa (CML) aprovou hoje um voto de pesar pela morte da atriz, subscrito por todos os vereadores, no qual propõe "a atribuição do nome de Eunice Muñoz a um equipamento/espaço cultural, ou a um arruamento/espaço da cidade, ou ainda sob a forma de alguma outra manifestação pública" que a "homenageie de modo perene".

O vereador com a tutela da Cultura na Câmara de Lisboa, Diogo Moura, disse à Lusa que o executivo municipal está já em contacto com a família de Eunice Muñoz para encontrar a "forma mais do que justa e merecida para homenagear" a atriz.

Eunice Muñoz "passou pela maior parte dos equipamentos culturais da cidade de Lisboa e, portanto, tem uma ligação muito direta a muitos deles e não só a um em particular", mas há também espaços na cidade ligados à sua vivência pessoal e profissional, disse o vereador.

Diogo Moura admitiu que a homenagem poderá passar também pela colocação de um busto num local de Lisboa relacionado com o percurso profissional de Eunice Muñoz ou ligado às suas preferências pessoais por locais da cidade.

"A Câmara Municipal de Lisboa, como todo o país, reconhece o papel importante de Eunice Muñoz no teatro e na cultura em Portugal, não só como atriz, com o seu talento, mas também com a sua generosidade para com todos os outros e, em particular, com os colegas", afirmou o vereador, que destacou que "muita da sua carreira" foi feita em Lisboa.

No voto de pesar pela morte de Eunice Muñoz a CML sublinha "a estreia profissional no palco do Teatro Nacional D. Maria II [em Lisboa], com apenas 13 anos de idade", em 1941, naquele que foi "o início de um percurso artístico que se prolongou por 80 anos".

"A humildade, a simplicidade, a força de caráter, aliadas às suas qualidades artísticas fizeram de Eunice Muñoz um ser humano extraordinário e uma atriz de exceção, com contornos de genialidade", lê-se no texto, que refere diversas condecorações atribuídas à atriz ao longo da sua vida, entre elas, a Medalha de Honra do Município de Lisboa, em 1988.

A atriz Eunice Muñoz morreu no dia 15 de abril, em Lisboa, aos 93 anos.

O seu percurso de 80 anos, no teatro, soma mais de 120 peças, em perto de três dezenas de companhias.

No cinema e na televisão, o seu nome está associado a mais de 80 produções de ficção, entre filmes, telenovelas e programas de comédia.

Recebeu mais de uma dezena de prémios, seis condecorações oficiais, que culminaram na Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, em 2021. Em 1990, foi-lhe atribuída a Medalha de Mérito Cultural.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG