Câmara garante "estar em cima" da E-Redes devido a problemas na iluminação no Porto

"Não podemos dizer que estamos completamente satisfeitos com o serviço da E-Redes" afirmou o vice-presidente da Câmara Municipal do Porto. Garante que o executivo tem estado "em cima" da operadora.

O vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, Filipe Araújo, admitiu esta segunda-feira (22 de novembro), problemas com a iluminação pública na cidade, mas garantiu "estar muito em cima" da E-Redes.

"Estamos, desde maio, muito em cima da E-Redes [operadora de distribuição de energia] porque temos tido várias avarias em diferentes pontos, por exemplo, há uns tempos a Rua Guerra Junqueiro ficou toda às escuras", disse durante a reunião privada do executivo municipal, depois de questionado pelo vereador social-democrata Vladimiro Feliz sobre problemas na iluminação.

Os problemas na iluminação são uma "grande preocupação" do executivo, assumiu, reforçando estar a monitorizar o serviço por forma a melhorá-lo.

As reuniões com esta operadora têm sido periódicas, revelou, referindo, de seguida, que têm acontecido uma "série de fenómenos" que não se prendem, apenas, com iluminários que deixam de funcionar, mencionando novamente o facto de a Rua Guerra Junqueiro ficar completamente às escuras.

"Não podemos estar a dizer que estamos completamente satisfeitos com o serviço da E-Redes", frisou.

Falando numa situação complicada, a vereadora da CDU, Ilda Figueiredo, entendeu que estes problemas na iluminação, que se têm verificado por toda a cidade, criam nas pessoas um sentimento de insegurança.

A discussão em torno deste tema surgiu aquando da aprovação, por unanimidade, da proposta "LED Total -- Ações de continuidade no âmbito do CPI_15_2019_DMC _ Caducidade de alguns Lotes e Adjudicação às propostas subsequentes, Alteração de Gestor dos Contratos; Alteração das minutas de aditamento aos Contratos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG