Exclusivo Alentejo. Pegar no vinho e atrair turistas

O chamado "néctar dos deuses" e o enoturismo são dois fortes motivos que dão origem a visitas e pernoitas no Alentejo. E é por isso que eventos vínicos como o Évora Wine, que decorre nos dias 26 e 27 de maio, são importantes: dão a conhecer os vinhos da região e levam turistas para a região. E se tiverem uma boa experiência, fica uma porta aberta para regressar.

Clima quente, paisagens bucólicas e bom vinho. Três características que imediatamente associamos ao Alentejo. Não é por acaso que o vinho e o enoturismo são dois motivadores importantes para os turistas. E os números mostram que o turismo está a retornar a valores ditos "normais". Em março, e segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), o Alentejo recebeu 40 mil hóspedes, valor que, comparativamente aos de 2021, representa um aumento de 213,9%.

E, se durante a pandemia as fronteiras estiveram completamente fechadas (ou quase) e o turismo dependeu quase exclusivamente do mercado interno, agora, que "as medidas de restrição às viagens entre países já foram substancialmente levantadas, é a altura de voltar à promoção internacional ao ritmo que tínhamos antes da pandemia, mas sem afrouxar a promoção que temos estado a fazer no mercado interno", refere Vítor Silva, presidente do Turismo do Alentejo, a propósito da realização do Évora Wine e da sua importância no alavancar do turismo da região.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG