Cartões Lisboa Viva que expiraram mantêm-se válidos "até junho"

Os cartões de transporte público Lisboa Viva que expiraram a validade após 23 de fevereiro vão manter-se válidos até junho, anunciou esta segunda-feira os Operadores de Transportes de Lisboa.

Os títulos de transporte podem ser carregados em toda a rede Multibanco, indicou a OTLIS (Operadores de Transportes de Lisboa). A decisão de estender o prazo de validade dos cartões tem em conta as medidas restritivas de circulação dos cidadãos, no âmbito do estado de emergência devido à pandemia da covid-19, com o objetivo de "reduzir ao máximo as deslocações aos locais de atendimento dos operadores".

"Assegura-se deste modo um prazo mais alargado para que os portadores de cartões Lisboa Viva possam programar atempadamente a emissão de um novo cartão", afirmou a OTLIS, em comunicado, indicando que os utentes podem fazê-lo através do portal 'online' Viva ou do agendamento nos operadores de transporte que continuam a prestar este serviço.

O prolongamento do período de validade aplica-se a cartões Lisboa Viva que expiraram após o dia 23 de fevereiro, referiu a OTLIS, adiantando que esta extensão é "válida até junho".

Com a implementação desta medida, "passa a ser possível, em qualquer caixa automática da rede Multibanco, carregar passes em cartões Lisboa Viva expirados, seja esta expiração a de validade do cartão ou a do seu perfil, nomeadamente social+, 4_18 ou sub-23", informou a OTLIS, explicando que tal resultou de um trabalho conjunto com a empresa SIBS, responsável pela gestão das redes ATM Express e Multibanco.

O carregamento dos cartões pode ser feito nas máquinas automáticas do Metropolitano de Lisboa e no portal Viva, mas esta funcionalidade está "limitada à validade dos cartões, não abrangendo assim a validade dos perfis social+, 4_18 ou sub23".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG